Pastoral da Juventude

pastoral_da_juventudeQuem somos:

Identidade é o conjunto de características e circunstâncias que distingue pessoas ou coisas e graças a esta é possível individualizar-se (Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa).  Normalmente se discute identidade1 quando queremos afirmar quem somos, nosso lugar no mundo e também do que é próprio da nossa natureza. No caso da Pastoral da Juventude Nacional – PJ, ao se falar de identidade ela quer deixar claro qual é a sua tarefa, o seu jeito de ser, fazer, celebrar, valorizando o potencial criativo dos jovens.
A partir de 1994, a PJ, em seus Encontros Nacionais, foi buscando clarear a sua identidade enquanto grupo organizado da igreja e que pertence ao conjunto das Pastorais da Juventude do Brasil.

Somos jovens das diversas realidades regionais do país, na maioria empobrecidos e, a exemplo de Jesus Cristo, fazemos opção pelos pobres e jovens. Nos encontramos em grupos para partilhar e celebrar a vida, as lutas, sofrimentos e cultivar a amizade a partir de uma formação integral e mística própria.

Somos jovens motivados pela fé, atuando dentro das comunidades eclesiais, a serviço da organização e animação das comunidades.

Atuamos também na sociedade, inseridos nos movimentos sociais, com destaques para a participação política partidária, movimentos populares e outras organizações que lutam em defesa da vida e da dignidade humana.

Nos organizamos a partir das coordenações dos grupos, paróquias, setores ou regiões pastorais, dioceses e regionais, ligados a Igreja do Brasil e da América Latina. Assim construímos e registramos nossa história, criando unidade na diversidade.

Diante de uma política desumana de manipulação dois meios de comunicação social e de uma realidade tão diversa, ousamos assumir e propor os projetos da Pastoral da Pastoral da Juventude do Brasil, como alternativa na construção da Civilização do Amor, sendo presença gratuita e qualificada no meio da juventude, atuando também em parceria com outras pastorais e organizações da sociedade.

Somos Pastoral da Juventude – PJ – organizada no Brasil, com linha definida e metodologia própria, aberta ao novo e acolhimento dos anseios da juventude, garantindo o seu protagonismo, evangelizando de forma inculturada na realidade em que vivemos.

Somos jovens felizes, apaixonados, ternos e motivados pela fé. Encaramos a vida com potencial criativo muito grande, valorizando a arte (dança, poesia, música…) o lazer, o corpo, o símbolo, a cultura, com ardor, sonhos e amor pela causa do Reino.

NA CONSTRUÇÃO DO REINO
Somos quem podemos ser
Sonhos que podemos ter
Engenheiros do Havaí

Sonhamos com uma juventude participativa, consciente, engajada e formada, sabendo e conhecendo seu meio e a sua realidade; uma juventude missionária, organizada, ousada, autêntica, realizada, feliz, verdadeira e sonhadora;

Sonhamos em reavivar, no homem e na mulher, a liberdade e a igualdade, em dignidade e direitos, tendo por base os valores do Evangelho. Que nossa vida e nossa fé nos levem a entender as relações de gênero.

Uma sociedade que tenha como prioridade a pessoa humana (o ser), um projeto social claro, com condições e oportunidades para todos, sem preconceitos, com vivencia e testemunho dos valores evangélicos, valorizando a diversidade e riquezas da pessoa e da juventude.

Acreditamos na presença da Trindade, Pai/Mãe que tudo criou e justifica nossa postura de respeito ao ecossistema; que é Filho, vontade revelada que encaramos como Caminho e proposta de Seguimento; que é Espírito, enviado pelo Filho e pelo Pai, instigando-nos a sermos uma Igreja-comunidade.

Sonhamos com uma igreja mais apaixonada, profética, evangelizadora, acolhedora, orante, missionária, transformadora e comprometida com o Projeto de Jesus Cristo, procurando maior participação dos jovens na comunidade, valorizando o ecumenismo e com uma opção preferencial pelos pobres, adaptada às diferentes realidades;

Desejamos cultivar uma espiritualidade que recupere o sentido de Deus, presente na natureza, pela encarnação, que aprenda dos pobres a viver com sobriedade e partilha e valorize a sabedoria dos povos indígenas no tocante à preservação da natureza, ambiente de vida para todos. Assim postulamos por uma ecopolítica, quecria políticas que exigem, legalmente, o cumprimento dos requisitos de defesa da natureza.

Acreditamos na “Civilização do Amor” e seus valores básicos: sim à vida; sim ao amor como vocação humana; sim a solidariedade; sim à liberdade; sim à verdade e ao diálogo; sim à participação; sim ao esforço permanente pela paz; sim ao respeito pelas culturas; sim à integração latino-americana.

Dizemos não: ao individualismo, à absolutização do prazer, ao consumismo, à intolerância, à injustiça, à discriminação e à marginalização, à corrupção, à violência.

Defendemos primado pela vida humana sobre qualquer outro valor ou interesse; primado da pessoa sobre as coisas; da ética sobre a técnica; do testemunho e da experiência sobre as palavras e as doutrinas; o serviço sobre o poder; a economia solidária sobre a produção de riqueza; a identidade cultural latino-americana sobre outras influências culturais hegemônicas; primado da fé e da transcendência sobre toda tentativa de absolutizar o ser humano.

Sonhamos com um país liberto das estruturas de corrupção, injustiça, consumismo exacerbado, com uma terra sem males, sem discriminação de raça, classe social ou qualquer forma de exclusão, que respeite as diferenças culturais e históricas, com incentive o protagonismo juvenil através das Políticas Publicas de Juventude, possibilitando ao jovem acesso a educação, moradia, emprego, etc…, evitando assim a marginalização da juventude brasileira, que os/a mesmos sejam vistos como sujeitos de direitos, que os/as políticos/as sejam sérios e comprometidos com os valores éticos, que trabalhem para uma nação mais justa, fraterna e solidária e que a cima de tudo defendam  vida  em plenitude para todos/as jovens.

PARA ONDE MARCHAMOS
Quero a utopia
Quero tudo mais
Milton Nascimento

Queremos despertar jovens para a pessoa e a proposta de Jesus Cristo e desenvolver com eles um processo global de formação a partir da fé para formar líderes capacitados a atuarem na própria PJ, em outros ministérios da igreja e em seu meio específico, comprometidos com a libertação integral do homem e da sociedade, levando uma vida de comunhão e participação.

Reuniões: Aos sábados, às 19h

Coordenação:

Contatos: